Pergunta ao vereador Romário, que de craque não tem nada: o que adianta mudar nome da Guarda para Polícia Municipal?

Pródiga em produzir factoides para atrair a atenção de jornalistas preguiçosos, que gostam de uma pauta mastigada e de uma polêmica vazia, a Câmara Municipal de Goiânia entrará na semana que vem num debate infrutífero a respeito à mudança de nome da Guarda Civil Metropolitana para Polícia Municipal. Veja bem: a mudança é só de nome.

A pergunta que este blog faz ao autor do projeto, vereador Romário Policarpo (que, apesar do nome, não é craque) é: mudar o nome da Guarda vai representar algum benefício para população? A resposta é  “não”. Romário está apenas copiando a fanfarronice dos vereadores de Cristalina, que descolaram segundinhos no noticiário nacional com esta mesma iniciativa boba, e que está perto de ser derrubada pela Justiça (por se tratar de afronta à Constituição).

Vá trabalhar, vereador. Este é o caminho mais longo e tortuoso para se tornar um político conhecido, mas é também o que traz melhores resultados. Não caia na tentação dos factoides.