Iris diz que Planta de Valores está defasada e tem de ser corrigida, mas se nega a corrigir salário de servidores, também defasado

O prefeito Iris Rezende (PMDB), eterno carrasco do funcionalismo público, deu a palavra final de que não vai corrigir o salário dos servidores, que está defasado. Não há santo que o convença a dar a data-base, que deveria ter sido paga desde março.

Ao mesmo tempo, prega a correção imediata da Planta de Valores, que serve de base para o cálculo de IPTU, sob o argumento de ela está… defasada. A comparação é de Laerte Júnior, jornalista da rádio Difusora.

Quem dera Iris tivesse, ao tratar dos assuntos referentes ao funcionalismo, a mesma eficiência que demonstra ao discutir aumentos de impostos em Goiânia.