O carrasco do funcionalismo voltou: Iris suspende concessão de licença-prêmio por assiduidade

O carrasco do funcionalismo público voltou com garras afiadas: decreto assinado pelo prefeito Iris Rezende (PMDB) e publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 21 de agosto de 2017, suspende a concessão de licença-prêmio por assiduidade sob o argumento de que a medida visa “manter o equilíbrio das contas públicas”.

Mais: os efeitos do decreto retroagem a 30 de junho. Isto quer dizer que todas as licenças-prêmio concedidas desde esta data foram canceladas.

Vale lembrar que além de cortar licenças-prêmio, o prefeito ainda NÃO acenou com uma proposta de concessão de data-base, que deveria ter sido incorporada ao salário dos servidores em maio.