Oposição derrota Iris e aprova projeto que limita reajuste de IPTU à inflação do ano

Com apoio até de vereadores aliados ao Paço Municipal, a oposição impôs derrota ao prefeito Iris Rezende (PMDB) nesta quarta-feira com aprovação de um projeto que restringe o reajuste de IPTU e ITU à inflação do ano anterior. O autor do texto é o vereador Elias Vaz (PSB).

O projeto de Elias corrige distorções inventadas pelo ex-secretário de Finanças da gestão Paulo Garcia (PT), Jeovalter Correa, que chegaram a provocar aumentos reais de até 75,23% em alguns imóveis da Capital.

Em resumo, a lei anterior estabelecia aumentos anuais que variavam de 5% a 15% mais a inflação. Ao comentar esta regra, que agora está modificada, o vereador Clécio Alves chamou Jeovalter de “malandro”.

Juarez Lopes (PRTB), que é da base do prefeito, tentou tirar o projeto da pauta com um pedido de vistas, mas o pedido foi rejeitado por 18 votos a cinco.