Caiado mira Marconi, mas acerta servidor público: senador quer acabar com benefício das diárias

O senador Ronaldo Caiado (DEM) mirou o governador Marconi Perillo (PSDB), mas acertou os servidores públicos do governo de Goiás ao pedir, na Justiça, o fim das diárias no Estado. São diárias que custam, em média, R$ 100 e que são pagas a funcionários destacados para atividades no interior, como cadastramento de beneficiários em programas sociais ou realização de cursos de capacitação para agentes de saúde, por exemplo.

A razão da investida do senador foi o decreto 9.026, publicado na edição do dia 18 de agosto de 2017 do Diário Oficial, que reajustou em 25% o valor destas diárias. Caiado argumenta que o governo não poderia ter reajustado o benefício porque não tem dinheiro em caixa.