TCU reduz valor do pedágio nas rodovias federais de Goiás a partir deste sábado

Finalmente uma boa notícia: o pedágio cobrado nas rodovias federais que cortam Goiás e são administradas pelo consórcio Triunfo Concebra estão aproximadamente 8% mais baratos a partir deste sábado, dois de agosto. É claro que o Concebra não decidiu baixar os valores por altruísmo. O reajuste foi provocado por decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) e já foi contestado na Justiça.

Em Alexânia (GO), por exemplo, região do entorno do Distrito Federal, a taxa para automóveis vai cair de R$ 5,30 para R$ 4,90. Motocicletas passarão a pagar R$ 2,45 e caminhões, R$ 9,80.

Em Goianápolis (GO), na altura do quilômetro 107 da BR-060, carros passam a pagar R$ 3,60; motocicletas terão de arcar com R$ 1,80 e caminhões, R$ 7,20.

Os novos valores para o pedágio da BR-153 em Itumbiara, próximo ao km 686, para motos, carros e caminhões serão, respectivamente, R$ 3,15; R$ 6,30; e R$ 12,60.

Em Professor Jamil, município goiano também cortado pela BR-153, motos pagarão R$ 2,60; carros, R$ 5,20; e caminhões, R$ 10,40.