Dois lados de O Popular: editoria de Política picha missões comerciais do governo, mas vire a página e verá o que diz a seção de Economia

São impressionantes as investidas do jornal O Popular para pichar os resultados da administração de Marconi Perillo. Numa clara torcida contra os avanços da gestão do tucano, o diário goianiense, impregnado pelas visões irisita e caiadista do mundo quer que tudo vá mal – Iris Rezende e Ronaldo Caiado torcem contra o governo, e portanto, contra Goiás, porque querem ganhar as eleições.

A editoria de Política tenta desmercer os avanços da administração, mas leia e veja o que disse recentemente a Editoria de Economia do mesmo O Popular. De um lado, o atraso, a politiquice de Caio Henrique Salgado, Fabiana Pulcineli e Márcio Leijoto. De outro, o jornalismo baseado em fatos. Disse O Popular em 12 de março: “As missões comerciais são consideradas vitrines pelos empreendedores”. Dois pesos, duas medidas.