PSB nacional veta aliança com PMDB e DEM. Definição terá reflexo nos estados

A pouco mais de um ano da eleição, o PSB nacional decidiu que não vai participar de qualquer aliança em que estejam PMDB e DEM. A informação está na coluna Expresso, da revista Época, e foi publicada no dia 15 de setembro. A tendência é a que de esta decisão tenha consequência nos estados (clique aqui para conferir o post).

Em Goiás, por exemplo, a senadora Lúcia Vânia (PSB) vez ou outra flerta com o PMDB, do deputado Daniel Vilela, e com o DEM, do senador Ronaldo Caiado – ainda que o resto do partido prefira aliança com a base aliada ao governador Marconi Perillo (PSDB).

No plano nacional, o PSB só cogita a possibilidade de apoiar três candidaturas à Presidência: a de Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e de Geraldo Alckmin (PSDB).