Demitido do Estado por ser funcionário fantasma, pai de Samuel Belchior ataca Eliton

Exonerado do Estado em 2013 por ser funcionário fantasma da Secretaria de Saúde (enquanto recebia também da Assembleia Legislativa), Lauro Belchior, pai do ex-deputado Samuel Belchior, dedicou a tarde desta segunda-feira a atacar o vice-governador José Eliton (PSDB), que deu entrevista ao jornalista Jarbas Rodrigues – transmitida ao vivo no Facebook.

“Mentira, só mentira”, afirmou Lauro no Facebook. “Este tipo de político deveria ser exterminado da face da Terra”. O filho dele é aquele que ficou conhecido como “amigo” da pastinha Luciane Hoepers, suposta integrante de um esquema de corrupção que fraudava fundos previdenciários municipais.

Em tempo: Lauro nunca criticou as estripulias do filho, que teve até que abortar a carreira política.