Se tiverem vergonha na cara, vereadores boicotarão posse de suplente na Semas

É sintomática a escolha de Robson Azevedo Paixão para assumir a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), conforme divulgado pela própria prefeitura de Goiânia na noite desta segunda-feira. Ela é uma sinalização clara de que o prefeito Iris Rezende (PMDB) valoriza muito mais os suplentes do que os vereadores.

A nomeação de Robson acontecerá em uma clima de guerra cruenta entre o Paço e a Câmara, que reclama todos os dias do tratamento negligente dispensado pelo prefeito e seus secretários aos membros da Casa.

Já são 35 suplentes nomeados pela prefeitura. O último deles foi Divino Rodrigues (Pros), vereador na legislatura passada, que assumiu um assessoria especial. Enquanto isso, os vereadores reclamam que sequer conseguem ser recebidos pelo primeiro escalão do município.