Dia do Saci, Bolsa Arma e fujão da Câmara: a isto se resume a base de Caiado para eleição de 2018

Se a candidatura de Ronaldo Caiado (DEM) ao governo do Estado não der certo em 2018, não será de todo mal se ele criar um stand-up comedy com os companheiros que apoiam a sua candidatura.

Sua base de apoio hoje de resume a um vereador que defende a criação do Dia do Saci em Goiânia (Paulo Daher), a um deputado estadual que propõe a implantação da Bolsa Arma Estadual (Major Araújo) e a um deputado federal que arrota valentia, mas que foge do plenário na hora de votar denúncia importante para o Brasil, contra o presidente Michel Temer (PMDB).

Todos piadistas de primeira, populistas e falsos moralistas. É com eles que Caiado governará Goiás se conseguir ser eleito.