“Preso ou condenado, Lula estará presente nas eleições”, afirma Dilma na Finlândia

O ex-presidente Lula não é apenas um candidato em 2018, mas um projeto. Estará presente na eleição vivo ou morto, preso ou em liberdade. A afirmação é da também ex-presidente Dilma Rousseff e foi dada nesta sexta-feira em palestra na Universidade de Helsinque, na Finlândia.

“Cada vez que Lula é condenado, cresce mais nas pesquisas. E cada vez que cresce nas pesquisas, aumentam o processo. Mas ele participará da eleição. Vivo ou morto, preso ou solto, condenado ou inocentado. Lula sempre estará presente porque ele não é mais uma pessoa. Ele já é um projeto”, afirmou a petista.

Dilma voltou a acusar as elites de destituírem-na e de tentarem embargar a candidatura de Lula no tapetão. “Perder e ganhar eleição é algo da vida democrática. Mas não é algo da vida democrática dar golpe. Não é da vida democrática tentar ganhar, como diz no futebol, no tapetão – eu não sei se também usam aqui na Finlândia esse termo. Ganhar no tapetão… Não pode. E isso, politicamente, é impensável se você quer construir um regime de fato democrático”, disse.

As informações são do jornal Metro 1.