Crise na Saúde de Goiânia: secretária Mrué é convocada (na marra) para depor na Câmara dar explicações a vereadores

A secretária da Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, nunca deu bola aos vereadores da Capital, mas agora vai ter de ir na marra na Câmara para tentar explicar o caos na Saúde Pública em Goiânia. Por unanimidade, os vereadores aprovaram requerimento da vereadora Priscilla Tejota convocando a auxiliar de Iris. Ou seja: a secretária terá de comparecer à Câmara por bem ou por mal.

Segundo o site do Jornal Opção, “a aprovação do requerimento da oposicionista Priscilla Tejota (PSD), uma das principais vozes contrárias ao Paço, é uma resposta à maneira como Fátima Mrué tem tratado os vereadores: não os recebe, nem atende pedidos e já até teria falado mal do Legislativo”.

“Ela tem tomado decisões monocráticas que vem prejudicando e colocando a população em risco. Será uma oportunidade para que os vereadores lhe façam as justas cobranças. Já que ela não atende em seu gabinete, aqui na Câmara terá bastante tempo para nos responder”, comemorou Tejota.

Um dos motivos da convocação foi decisão da Secretaria Municipal de Saúde de fechar duas unidades, do Jardim América e do Setor Guanabara, para reforma, que durará supostamente seis meses.

[vejatambem artigos=” 65377,64805,63795,63798 “]