Dia não trabalhado de diretor da Comurg (que foi puxar saco de Dona Iris) custou R$ 287 ao contribuinte

O diretor administrativo-financeiro da Comurg, Nailton Oliveira, abandonou o trabalho nesta quarta-feira para participar de uma reunião com outros puxa-sacos da primeira-dama da Capital, Dona Iris (que também estava no encontro), como já noticiou o blog. Por este dia não trabalhado, Nailton recebeu R$ 287, ou seja: a trigésima parte do seu generoso salário de R$ 8.633.

Por causa de pessoas como Nailton, a privatização da Comurg parece até ser uma boa saída. Não dá mais para financiar a mamata de gente assim.

[vejatambem artigos=” 65548 “]