No dia 4 de janeiro Denes Pereira prometeu,em entrevista ao Popular: “Coleta deve ser  normalizada em um prazo de 15 a 20 dias”. Nove meses depois, a crise do lixo está de volta

Em entrevista ao jornal O Popular no dia 4 de janeiro deste ano, o presidente da Comurg, Denes Pereira prometeu: “A coleta deve ser normalizada em um prazo de 15 a 20 dias”. Goiânia estava suja e encardida, como a herança da anarquia do fim do mandato do então prefeito Paulo Garcia.

Disse também que o problema não voltaria a ocorrer.

Passados nove meses da fala, Goiânia volta a conviver com o colapso na limpeza urbana e com montanhas de lixo nas ruas.

O trololó de Denes em janeiro era conversa fiada. A crise não estava resolvida. Só foi adiada.

Agora, de novo, Denes faz a mesma promessa. Dá para acreditar?