Rainha da incoerência e da baixaria, Dona Iris prega liberdade de expressão, mas ameaça site

É de conhecimento público que a primeira-dama e pré-candidata da deputada federal Dona Iris (PMDB) não lida bem com críticas. O sonho dela é tirar do ar o Goiás 24 Horas e outros blogs e sites que não aplaudem o seu comportamento histriônico e o seu flerte com a baixaria – como faz o blog do seu assessor Cloves Reges Maia, por exemplo.

Como não pode fechar-nos, Dona Iris tenta rotular estes veículos de comunicação como governistas. O raciocínio dela é maniqueísta: elogiou, é do bem (é imparcial). Se criticou, é do mal (e ligado ao governo do Estado).

Nas redes sociais, Dona Iris prega liberdade de expressão de posa de boa moça, defensora dos nobres valores da democracia. Mas nesta quarta-feira, a rainha da baixaria e da incoerência ameaçou o “site governista que me ataca” (sem citar nome): “O site governista que me ataca e a outros de forma abjeta também terá o seu dia.A justiça é para todos. Creiam!”

Acena com uma mão, estapeia com a outra.