Episódios que explicam o fracasso do PMDB: falta de atendimento dentário na rede municipal comandado por Iris e Zé Nelto querendo tirar benefício dos professores

Desde 1998, o PMDB amarga derrotas para o governo estadual e se resume apenas na figura de Iris Rezende. Mesmo com todos os tropeços, o partido não se moderniza, não apresenta novos nomes e vive sendo chamuscado por gafes e escândalos.

Dois exemplos recentes ilustram bem o que é o PMDB hoje em Goiás. O prefeito Iris não conseguir mudar em nada o cenário de caos na saúde municipal, que vem se arrastando desde a gestão de Paulo Garcia (PT). Agora, nem material para tratar cárie se encontra num posto de saúde.

É tanto descaso que virou notícia de destaque no Jornal Nacional. Quer mais um exemplo de bobagem cometida por algum peemedebista? Temos pra você!

O deputado estadual José Nelto é contra o auxílio-alimentação de R$ 500 concedido pelo governo estadual aos servidores da educação.

Tem cabimento?