Apresentadora da Globonews se revolta com crise no atendimento dentário na gestão de Iris: “É muito descaso com a saúde pública”

O prefeito Iris Rezende (PMDB) e a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, levaram Goiânia mais uma vez para o noticiário nacional: a Globonews abriu espaço na programação, na manhã desta segunda-feira, para falar da crise no atendimento dentário da população, que deixou de ser oferecido há nove meses.

Raquel Novaes, uma das apresentadoras do programa “Edição das 10h”, se revoltou com as informações que o correspondente da emissora em Goiás, Handerson Pancieri, prestou: “É muito descaso com a saúde pública, né?”, afirmou Raquel.

De acordo com Pancieri, todos os postos de saúde de Goiânia foram estruturados para oferecer serviço odontológico dentro do programa Brasil Sorridente. “O governo repassou este ano mais de R$ 2 milhões para o programa de saúde de bucal, mas o atendimento está paralisado desde março, como mostra documento enviado pela própria prefeitura às unidades de saúde”.

São 370 dentistas concursados, recebendo salário de R$ 4 a R$ 10 mil.”A crise é tão grande que tem paciente que arrancou dente com alicate”, afirma Pancieri. Aline Midlej, a outra apresentadora do programa, disse que só resta à população “rezar para que ninguém tenha dor de dente” enquanto o problema não estiver resolvido.

A Globonews informa também que vereadores da Comissão de Inquérito que investiga irregularidades na saúde municipal ouvem, nesta segunda-feira, dois burocratas que trabalham no serviço dentário de Goiânia: Adriano Peclat e Ana Paula Viana.