Balanço de fim de ano da Seduce causa irritação no governo pelo culto à personalidade de Raquel

O Jornal Opção afirmou que o balanço de fim do ano da Secretaria da Educação, Cultura e Esporte “irritou o governo. Porque o material ignorou o governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton — concentrando-se no culto à personalidade e autopromoção da titular Raquel Teixeira. Pegou malíssimo”.

Todo o material também contraria a política de comunicação do governo, que prega a interlocução das secretarias e o trabalho em equipe, ou seja, se há resultado positivo é resultado da ação maior do governador Marconi.

Esse personalismo de Raquel, no entanto, não é novidade. Todos no governo sabem que a secretária é vaidosa e quase sempre tenta puxar os louros da vitória só para si.