Defensoria exige que Iris amplie prazo para matrículas em CMEIs

Dada o enorme tumulto que a prefeitura causou por não colocar na internet uma página decente para que as mães realizassem matrícula dos filhos nos CMEIs, a Defensoria Pública informou nesta quarta-feira que exigirá do município que o prazo para inscrição seja estendido. E orientou os pais a procurar a Justiça.

“Se não tem a vaga ou a capacidade do CMEI escolhido tá excedida, ele (o pai) vai ter que procurar a Defensoria e levar, além de documentos pessoais, o orçamento de três instituições particulares, pra gente pedir bloqueio de verba pública. É a única solução”, afirma a defensora pública Ana Carolina Oliveira.

A Defensoria também colocou um funcionário à disposição dos pais das 7h às 18 horas na sua sede, que fica no Park Lozandes.

Clique aqui para assistir reportagem da TV Anhanguera sobre o assunto.