Assessor de Karlos Cabral diz que Bruno Peixoto “está cheio de cargos no governo”

Samuel Werneck, militante do PT e assessor parlamentar do deputado estadual Karlos Cabral (PT), mantem uma conta polêmica no Twitter. Hoje de manhã, ele acusou o deputado estadual Bruno Peixoto (PMDB) de estar “cheio de cargos no governo”, o que justificaria o seu comportamento “estranho”. Também postou o link para um texto em que Altair Tavares, agitador da oposição, diz que Bruno, Samuel Belchior e Paulo Cézar Martins – todos do PMDB – enterraram a tal CPI dos Grampos na Assembleia.

Também hoje, ele deu boas-vindas acaloradas a seu novo seguidor, o mensaleiro Delúbio Soares.

Ontem, para citar só mais uma de suas polêmicas, disse que o novo secretário de Articulação Institucional do governo, Joaquim de Castro, é um parlamentar inexpressivo.

Samuel diz essas bobagens todas com autorização do chefe?

Cabe a Bruno perguntar a Karlos sobre isso.