Cid, na nova TBC: “Para ser vilanovense, tem que ter coração de aço”

A classificação heroica do Vila Nova na Copa do Brasil dominou a imprensa esportiva. Na nova TBC, em seu comentário esportivo no JBC, o analista Cid Ramos resumiu o que é preciso para ser torcedor do Vila: “coragem, persistência e coração de aço”.

O Vila perdia para o Joinville por 2 a 0, mas buscou o empate no finalzinho do jogo e superou o rival na disputa por pênaltis. Cid Ramos destacou que a torcida vilanovense empurrou o Tigrão até o apito final e em momento algum deixou de acreditar na classificação.

“Quando o Vila o precisou, a torcida se transformou no 12º jogador e ajudou o time”, afirmou Cid. O comentarista ainda lembrou que o Vila Nova foi o vencedor do Desafio das Torcidas, levando mais público pagante (quase 12 mil torcedores) ao Serra Dourada do que o Goiás, que jogou na quarta-feira pela mesma Copa do Brasil e também se classificou.