Nepotismo cruzado: Iris reconhece que nomeou parentes de vereadores

Em entrevista à rádio Sagres 730, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), admite que nomeou parentes de vereadores no Paço Municipal – o que é nepotismo cruzado, vedado pela legislação, mas garante que não cobra apoio dos vereadores na Câmara em troca das nomeações.

Um deles é Luan Deodato Alves, filho do vereador Clécio Alves (MDB), nomeado para o cargo de superintendente da Juventude com salário de R$ 7.650,04.

Iris minimiza o fato de estar afrontando a lei, que ele considera equivocada. “Mas peraí, só porque é parente a pessoa está proibida de prestar serviço para prefeitura. Eu nomeei sim, mas você não vai encontrar uma pessoa ganhando sem trabalhar, ou ganhando sem ser competente.