No Estadão: Daniel é cotado para CCJ da Câmara para blindar Temer

Com o objetivo de blindar o presidente Michel Temer (MDB), que em breve responderá a nova denúncia da Procuradoria Geral da República (a terceira), o Palácio do Planalto deve indicar o deputado federal Daniel Vilela (MDB) para o comando da Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

A informação é de Andreza Matais, colunista do jornal O Estado de S. Paulo.

Andreza ouviu deputados do MDB negam que o interesse na presidência da CCJ seja o de blindar o presidente Michel Temer de eventual denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR). Justificam que o posto dará visibilidade a Daniel, que disputa o governo de Goiás.

O deputado esteve no gabinete presidencial na última quarta-feira, acompanhado do prefeito da Capital, Iris Rezende (MDB).