Colegas trabalham para queimar Bruno, Samuel e PC Martins dentro da bancada da oposição

O jogo está bruto dentro da bancada da oposição na Assembleia. Grupo de deputados liderado por Mauro Rubem (atendendo ordens da deputada Iris Araújo) quer impor, na marra, uma linha de conduta agressiva, radical e de baixo nível, com ataques rasteiros e denuncismo inconsequente contra o governo do Estado.

Quem não concordar em esticar a corda vai ser execrado em praça pública.

O primeiro sinal foi a publicação nesta sexta-feira de matéria no site Diário de Goiás denunciando suposta traição dos deputados Bruno Peixoto, Samuel Belchior e Paul Cezar Martins no episódio da proposição da CPI dos Grampos.

Os xiitas da oposição prometem constranger e emparedar os colegas que queiram fazer uma oposição mais ponderada.

A ordem é expor ao máximo quem não vestir o figurino.

Se não vai no amor, vai na porrada.