“Estamos expondo pacientes a riscos maiores”, diz médica de Cais de Goiânia

A repórter Patrícia Bringel, da TV Anhanguera, arrancou um desabafo comovente de uma médica da rede municipal de Saúde, em Goiânia. Ela afirma que a situação dos Cais e Ciams é tão ruim que ela sente estar expondo pacientes a riscos ainda maiores, em vez de estar curando-os.

“Eu sinto de que atendendo o paciente, muitas vezes, eu posso estar expondo ele a um risco maior, do que realmente ajudando. É bem complicado”, diz a médica – que pediu para não ser identificada. “Então assim, eu passo o plantão inteiro rezando pra eu não ter paciente grave. Porque se chegar eu não tenho o que fazer por ele”.

A médica diz que não tem sequer adrenalina, que é uma droga básica para o tratamento de pessoas com parada cardíaca. Assista aqui à reportagem.