Obra reiniciada: entenda como será o BRT de Goiânia

Na manhã desta quinta-feira, o presidente Michel Temer, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e o prefeito Iris Rezende (MDB) assinaram a retomada das obras de construção do BRT de Goiânia. Este é o maior projeto de mobilidade urbana da história da Capital. Vai atender cerca de 120 mil pessoas por dia.

Veja detalhes do projeto: 

– A linha cortará a cidade de norte a sul e passará também por Aparecida. Ligará os terminais Cruzeiro do Sul e Recanto do Bosque.

– O BRT terá 27 km de extensão.

– O investimento total é de R$ 271 milhões, sendo R$ 141 milhões de financiamento da Caixa Econômica, R$ 70 milhões em recursos do Tesouro federal e resto de contrapartida da prefeitura.

– Serão 39 estações, sendo 32 em Goiânia e sete em Aparecida.

– Previsão de reinício da obra é de 15 dias. A previsão para o término é março de 2019.

– Por causa do BRT, será proibido estacionar na avenida Goiás. Onde tiver estações do BRT (onde ficam os pontos de ônibus) será diminuída uma faixa para os carros. Essa faixa servirá como ponto de ultrapassagem dos ônibus.