Enel gasta dinheiro com publicidade, mas serviço para o consumidor segue ruim

A Enel, empresa italiana que comprou a Celg, vem investindo pesado em publicidade. Nesta segunda-feira, por exemplo, é possível ver anúncio de meia página da empresa em jornais diários da Capital.

Mas o que o cidadão quer ver mesmo é fornecimento de energia com qualidade. As quedas continuam constantes e a verdade é que até o momento não deu para sentir muita diferença entre Celg e Enel.

Tá tudo mesmo jeito. A Enel fez muita promessa. De cara, prometeu investir R$ 3 bilhões.

Chegou a hora de dar um choque de realidade e a mostrar a que veio.