Marconi, sobre saída de Wilder da base: “entendo, mas acho que não havia necessidade”

O governador Marconi Perillo (PSDB) diz que “não havia necessidade” de o senador Wilder Morais sair da base aliada para procurar espaço para reeleição na oposição porque existe ainda muito tempo para diálogo no bloco governista até as convenções de junho.

“Wilder fez muito pelo Estado, devo muito a ele, mas ele se sentiu melhor procurando outro caminho. Acho até que não tinha necessidade, porque a convenção ainda é em junho”, disse Marconi.

Ele disse que não há definição de nomes para concorrer ao Senado pela base aliada – Marconi não considera garantido nem o nome dele. Citou Vilmar Rocha, Demóstenes e Lúcia Vânia como outros companheiros valorosos que podem compor chapa.