Daniel precisa segurar a língua do pai, diz Fabiana Pulcineli

Para se viabilizar como candidato a governador, o deputado federal Daniel Vilela (MDB) tem 2 desafios, na opinião da jornalista Fabiana Pulcineli, de O Popular: construir a unidade em seu partido, que está rachado, e “segurar a língua do pai, que segue alimentando desconfianças sobre acerto com PSDB”.

Fabiana refere-se à entrevista do ex-governador Maguito Vilela à rádio Sagres 730 na manhã desta sexta-feira.  Maguito afirmou: “(A conversa entre o MDB e o PSDB em Goiás) tem que acontecer. Eu não vejo motivo nenhum pra não acontecer. Toda aliança ela é saudável. Agora, é lógico que existe uma rivalidade grande aqui em Goiás. Mas eu acho que ela já foi maior no passado. Então, há ambiente pra conversar, sim”. 

A declaração repercutiu muito mal no MDB e deu peso ao argumento de quem considera o senador Ronaldo Caiado (DEM) como a única oposição legítima ao governo do Estado, já que deixou a impressão de que Maguito e Daniel flertam com PSDB.