Baldy gera 1,4 milhão de empregos com retomada do Minha Casa, Minha Vida

A batalha contra o desemprego no Brasil ganhou no ministro das Cidades, o goiano Alexandre Baldy, um importante aliado. Empossado no cargo em novembro de 2017, Baldy reativou o Minha Casa, Minha Vida e vai gerar um total de 1,4 milhão de empregos com o programa até o final do ano. 

A meta do ministro é de entregar 1 milhão de unidades habitacionais até dezembro de 2018. Além de gerar empregos, esta ampla frente de obras vai reduzir de forma significativa o déficit por moradias no Brasil, que hoje é de 6 milhões de casas. 

A prioridade de Baldy é concluir projetos iniciados desde 2014 e que, por qualquer motivo, tiveram de ser paralisados pelo governo federal. Só a partir daí é que novos empreendimentos são autorizados. 

“Em cada parte dessa cadeia produtiva que retomamos vislumbramos oportunidades. A geração de empregos é uma delas e das mais importantes porque de imediato já movimenta a economia e traz benefícios às pessoas”, afirma Baldy.