Desespero por cargo leva Noleto a aceitar convite do “MDB golpista”

A obsessão do petista Olavo Noleto – ex-subchefe de Assuntos Federativos da gestão Dilma Rousseff – por cargos públicos fez com que ele pedisse benção ao partido que chama de “golpista” há anos: o MDB. Noleto acaba de ser anunciado para Secretaria de Projetos e Captação de Recursos de Aparecida de Goiânia, administrada por Gustavo Mendanha (MDB).

O curioso é que uma das suas missões será pleitear recursos junto ao governo do presidente Michel Temer (MDB), a quem xingou de todos os nomes possíveis desde que Dilma sofreu impeachment.