Jovair radicaliza: sem Demóstenes na chapa, PTB não apoia Eliton

O PTB de Goiás radicalizou no encontro regional de Porangatu, na região norte do estado, na noite desta sexta-feira, 25. O presidente estadual da legenda, deputado federal Jovair Arantes, em discurso no encerramento do evento, disse com todas as letras que a candidatura do procurador de Justiça Demóstenes Torres ao Senado não é de brincadeira e o PTB precisa ser tratado com respeito pela base aliada.

Jovair foi ainda mais além. “Estão dizendo que Demóstenes não será candidato a senador. Ele será candidato, sim. Ou a chapa majoritária da base aliada tem a participação de Demóstenes ou o PTB não vai apoiá-la”, decretou o dirigente petebista para uma plateia que tinha as principais estrelas do partido, como os prefeitos Roberto Naves, de Anápolis, e Zé Antônio, de Itumbiara.

O presidente do PTB enfatizou a fidelidade da legenda e disse que os petebistas foram os primeiros a declarar apoio à reeleição do governador. “Nossa posição é clara e não hesitamos em assumi-la”, afirmou.

A segunda vaga de senador da chapa majoritária da base aliada – a primeira  por consenso, é do ex-governador Marconi Perillo – é disputada por três pré-candidatos: Lúcia Vânia (PSB), Demóstenes Torres (PTB) e Vilmar Rocha (PSD). Lúcia Vânia coloca-se fora da disputada, afirmando que, por ser senadora, tem “direito adquirido”. O PTB de Jovair banca o ex-senador Demóstenes Torres.