Eliton diz que Tejota saiu da base aliada porque foi “oportunista”

Em entrevista ao jornal O Popular desta terça-feira, o governador José Eliton (PSDB) afirma que a saída do Pros da base – e a decisão do deputado Lincoln Tejota de aceitar a vice de Ronaldo Caiado (DEM) – se deu por “conveniências e oportunismo”, e não por insatisfações no trato com ele.

“Nunca fui chamado a discutir situações que possam ter imposto insatisfações a quem quer que seja. Meu estilo é conversar com os partidos, até o limite onde acho prudente avançar, envolvendo a boa gestão pública e atuo muito mais como governador que como candidato”, afirma Eliton. [Se o Pros saiu pela expectativa de poder que seria, na visão deles, maior em Caiado] então não se tratam de insatisfações, mas de conveniência e oportunismo. Não discuto isso”.