Justiça condena Caiado por propaganda eleitoral antecipada

O pré-candidato ao governo de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), foi condenado nesta semana por propaganda eleitoral antecipada.

Consta na decisão assinada pela juiz Vicente Lopes da Rocha Júnior que o caso teria ocorrido entre os dias 6 e 8 de abril durante evento no município de Morrinhos, quando o governadoriável teria feito discurso com pedido expresso de voto para Wilder Morais, senador e pré-candidato à reeleição.

“Nós temos aqui aquele que é meu companheiro de chapa, que é o Wilder Morais senador da República, que aqui peço aplausos e o voto para que possamos reconduzi-lo ao Senado”, disse Caiado no evento em Morrinhos.

Relembre aqui