Caiado tentou emparedar Eliton no debate da TBC, mas perdeu a parada

Aproveitando-se da regra que permitia aos candidatos escolher sempre quem questionar no debate da TV Brasil Central, nesta segunda-feira, o senador Ronaldo Caiado (DEM) concentrou fogo no governador José Eliton (PSDB). Mas não adiantou.

O que era para ser balaço de canhão virou pedra de estilingue. Em primeiro lugar, porque Caiado não conseguiu se adequar ao tempo determinado pela organização do programa. Segundo, porque o raciocínio do senador estava lento, confuso. E terceiro porque Eliton estava muitíssimo bem preparado. Mostrou absoluto domínio da realidade do Estado. 

O raciocínio confuso de Caiado merece um comentário especial, porque ele também estava assim no debate de segunda-feira. Sonolento, cansado, e prolixo, o senador está irreconhecível.