Eliton participa de sabatina no Trade Turístico. Veja o que ele apresentará

O governador José Eliton participa de sabatina promovida pelo trade turístico para, obviamente, falar sobre turismo nesta segunda-feira, às 12 horas. Eliton deve destrinchar tópicos do eixo 2 do seu plano de governo, chamado de Economia de Alta Competitividade, Tecnologia e Inovação.

Dentre as iniciativas inovadoras apresentadas no plano de governo para os próximos quatro anos está o de apoiar a captação de eventos para fortalecer o estado de Goiás como polo de eventos de negócios.

O governador dirá que vai apoiar a participação goiana em feiras e missões nacionais e internacionais para a promoção dos destinos goianos. Também promover o turismo dentro do estado, no país e no exterior por meio de parcerias, participação em feiras, missões nacionais e internacionais e a elaboração de um estratégico plano de marketing turístico.

Eliton apresentará a proposta de promover Fam Business em Goiás divulgando as cidades turísticas locais; incorporar e desenvolver atividades, espaços e manifestações culturais com os produtos e promoção turística; apoiar o desenvolvimento de produtos e projetos para fortalecer as diversas modalidades de turismo, tais como: negócios, lazer, compras, cultural, saúde e bem-estar, natureza, atividades ao ar livre, dentre outros.

Consta, também no plano de governo a proposta de promover a realização de cursos e capacitações para formação continuada dos empreendedores e profissionais das atividades técnicas e operacionais do setor de turismo; e apoiar o fortalecimento do associativismo e do cooperativismo no segmento de turismo em Goiás.

E ainda criar, fortalecer e apoiar os Caminhos de Longo Curso, nas regiões turísticas do Estado, como o Caminho Místico Ambiental do Brasil Central, Caminho de Cora Coralina, Caminho da Fé, Caminho da Chapada dos Veadeiros e o Caminho das Águas Quentes.

O governador falará ainda sobre a criação do sistema estadual de turismo, propondo a lei geral do turismo para assegurar uma política de longo prazo para o setor, com foco nas vocações regionais e na capacidade empreendedora da cadeia produtiva do turismo.

Além de fomentar estratégias para aumentar a competitividade dos municípios turísticos, por meio da disponibilização de pesquisas, aplicativos, sites, comunicação digital, vídeos e fotos; e fomentar o uso público nas Unidades de Conservação (Parques Estaduais) com a melhoria da estrutura de visitação com foco na sustentabilidade do Bioma Cerrado e a integração com a sociedade, gerando renda para as comunidades.