O Popular não destaca informação de que dinheiro não era para campanha de Marconi

O site do jornal O Popular publicou matéria na tarde desta quinta-feira, assinada pela jornalista Fabiana Pulcineli, em que fala dos desdobramentos da Operação Cash Delivery. O jornal diz que teve acesso ao depoimento do empresário e ex-presidente da Agetop Jayme Rincón em que ele afirma que o dinheiro repassado em seu apartamento pela Odebrecht foi para “campanha de candidatos aliados”.

Jayme afirma que valores destinados às campanhas de Marconi Perillo foram “legalizados”. Essa informação, no entanto, não é colocada no título da matéria e tem apenas um registro no subtítulo, onde a fonte do texto é bem menor. Quem lê o título da matéria acredita que todo o dinheiro repassado foi direcionado de forma ilegal para a campanha de Marconi, o que não é verdade, conforme o depoimento de Jayme Rincón à Polícia Federal.