Presidente do partido do vice de Caiado está foragido depois de ter prisão decretada

Eurípedes Júnior, presidente nacional do Pros (partido do vice-governador eleito de Goiás Lincoln Tejota), será preso nas próximas horas. Ele é considerado foragido da Justiça.

Eurípedes é um dos alvos da operação Portialis, deflagrada no começo da manhã desta quinta-feira pela Polícia Federal e pela Receita Federal.

A operação investiga desvio de R$ 2 milhões em recursos públicos, que seriam destinados à aquisição de gases medicinais em Brasília (DF), Marabá e Altamira, ambas no interior do Pará. 

A expectativa da PF é que Eurípedes se apresentará voluntariamente ainda nesta quinta- Mais cedo, policiais estiveram em casas nos lagos Sul e Norte, em Brasília, em endereços ligados a Eurípedes Júnior, em Planaltina de Goiás, no Entorno do DF.