OAB: fiasco da comunicação estratégica afunda promissora candidatura de Pedro Paulo

O advogado Pedro Paulo tinha tudo para fazer decolar uma candidatura à presidência da OAB-GO. Jovem, bem-sucedido, dinâmico e bom perfil para se sair bem na disputa.

Mas uma eleição é feita de detalhes. Pepê, como é conhecido, jogou todos estes atributos positivos na lata de lixo, ao que tudo indica, na equipe que escolheu para cuidar da comunicação estratégica dele, que deve comandada pelos profissionais que trabalharam na retaguarda de Flávio Buonaduce que, como todos sabem, ficou em terceiro lugar na eleição passada.

Agora, Pedro Paulo caminha pro mesmo desastre, se não mudar com urgência os rumos da comunicação.

Do jeito que vai, nem milagre salva Pepê.

E não adianta brigar com as pesquisas.

O fato é que o candidato não conseguiu se descolar dos desgastes do grupo da OAB Forte, que puxam a campanha pra baixo.

E isso, é claro, resulta da comunicação equivocada.

Ou seja, Pedro Paulo gasta uma nota preta pra nada.

A campanha, em termos de comunicação, é a pior da história da Ordem.

Este blog, nos próximos dias, continuará mostrando os desacertos da turma da descomunicação de Pepê.