Exclusivo: Caiado convidou ministro de Temer para ser secretário de Educação em Goiás, mas ele preferiu trabalhar com Doria

Mais um “não” para a coleção de Ronaldo Caiado.

O ministro Rossieli Soares da Silva preferiu trabalhar com o governador de São Paulo, João Doria, do que ser secretário da Educação do governo Caiado. Ligado ao DEM, o atual titular da pasta da Educação de Temer recebeu o convite do goiano antes de ser abordado por Doria.

Ficou de pensar, mas depois recusou o chamamento de Caiado. É o terceiro  nome que recusa compor a equipe do governador eleito. O primeiro foi Mauro Ricardo. E a também professora Milca Severino não quis integrar o secretariado que assume em janeiro de 2019.

Rossieli tem de 40 anos e é advogado e mestre em Gestão e Avaliação Educacional pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Nomeado ministro da Educação em abril deste ano, exercia o cargo de secretário da Educação Básica do Ministério da Educação, desde maio de 2016.

Rossieli também foi secretário da Educação do Amazonas e presidente do Conselho Estadual de Educação do Amazonas de agosto de 2012 até maio de 2016. Foi vice-presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação e secretário Executivo de Gestão da Secretaria de Estado de Educação Governo do Amazonas, de 2011 a 2012.