Exclusivo: pacote de maldades de Caiado contra servidor público inclui demissões, cortes de direitos e suspensão de reajustes

Os servidores públicos estaduais já podem preparar o lombo: vem aí uma temporada de medidas draconianas contra a categoria patrocinadas pelo próximo governo, sob a alegação de que o Estado vive uma crise fiscal.

O pacote de maldades de Ronaldo Caiado, que está sendo gestado nas reuniões da comissão de transição com o comando de técnicos da Sefaz ligados à ex-secretária Ana Carla Abrão, inclui cortes de direitos do funcionalismo, demissões, redução de salários, suspensão de licenças-prêmio e reajustes salariais já pactuados, entre outras medidas para supostamente equilibrar as finanças do Estado.

O que se indaga é porque Caiado quer jogar nas costas do sofrido servidor pública esta amarga conta.