Exclusivo: Mitsubishi e Coca-Cola já cogitam, nos bastidores, trocar Goiás por DF ou Minas

A crise dos incentivos fiscais começa a adquirir contornos graves depois de Ronaldo Caiado apresentar proposta de redução de R$ 1 bilhão nos benefícios recebidos pelas empresas que se instalaram ou investiram em ampliações em Goiás.

Nos bastidores, a Mitsubihsi, cuja planta está em Catalão, e a Coca-Cola, duas indústrias gigantes, já cogitam sair de  Goiás e começam a consultar os governos de Minas Gerais e Distrito Federal sobre as propostas.

Se deixarem o Estado, o prejuízo será enorme na arrecadação de impostos e na geração de empregos.