AD

Com críticas à equipe de transição de Caiado, José Nelto tromba com Wilder e Anna Vitória

Pegou muito mal nas hostes caiadistas as críticas do deputado federal eleito José Nelto (Podemos) à Equipe de Transição montada pelo senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) para fazer a transposição com a gestão do governador José Eliton (PSDB). Foi trombada direta com o presidente da equipe caiadista, o senador Wilder Morais (DEM), e com a filha de Caiado, Anna Vitória Caiado, cotada para o comando da poderosa Secretaria de Estado da Casa Civil.

“Aliado de Caiado, o deputado federal eleito José Nelto (Podemos) aponta que técnicos do governo que atuam na equipe de transição do democrata apoiaram Marconi Perillo nas eleições”, afirma a coluna Giro, para abrir aspas de José Nelto: “Uma transição que tem gente marconista é questionável”.

A seguir, Nelto afirma que a equipe de transição comandada por Wilder sob a permanente vigilância e participação de Anna Vitória é “lenta e sem transparência”. Quando fala da presença de marconistas, José Nelto se refere, entre outros nomes, à presença de Adonídio Neto Vieira Júnior na equipe de transição caiadista.

Adonídio integrou o primeiro escalão da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) no quarto mandato de Marconi à frente do Governo de Goiás. Em ofício encaminhado em 30 outubro à equipe de transição do governador José Eliton, o presidente da equipe caiadista, senador Wilder Morais (DEM) solicitou a inclusão de Adonídio na comissão caiadista.