Sem prestígio, Andrey tem projeto de autoria dele vetado por Iris e fica desmoralizado

Sinal dos maus tempos que se abateram sobre o presidente da Câmara de Goiânia, Andrey Azeredo (MDB): o vereador teve um projeto de lei de sua autoria vetado pelo prefeito Iris Rezende (MDB), seu padrinho na disputa pela reeleição para a mesa diretora. O veto do prefeito é tema de reportagem de meia página do jornal O Popular deste domingo em que fica claro que Andrey sequer foi avisado da decisão pelo prefeito.

O projeto de Andrey estabelecia a proibição de uso fogos, foguetes, morteiros e similiares considerados barulhentos na capital. Na justificativa, o vereador afirma que o uso dos produtos causa transtornos para a população, especialmente para idosos e animais domésticos, e ordena a preferência por aqueles que produzam estampido.

Iris vetou po projeto, aprovado em duas votações, afirmando que a matéria é de competência federal e não municipal. E pronto.