Com Romário Policarpo, Câmara começa ciclo virtuoso para apagar gestão pífia de Andrey

A Câmara de Goiânia sai maior e com muito a comemorar com a vitória do vereador Romário Policarpo (PROS) na disputa pela presidência do Legislativo. Com trajetória sólida no funcionalismo e na luta pelas demandas da capital, o vereador começa agora um ciclo virtuoso de autonomia e independência, seguindo a proposta do Grupo dos 23, que o elegeu, de promover uma gestão que ao mesmo tempo não atrapalhe o Executivo.

Assim, em questão de poucos dias, a gestão pífia de Andrey Azeredo (MDB), que transformou a Câmara de Goiânia em um secretaria extraordinária do Paço Municipal, estará morta e enterrada. Eleito na onda de renovação do Legislativo, Andrey perdeu a oportunidade de fazer a diferença e será apenas mais uma foto na galeria de ex-presidentes.