Vinícius Cirqueira: “PROS precisa de mais diálogo interno”

Principal articulador da candidatura de Romário Policarpo para a presidência da Câmara de Goiânia, o vereador e deputado estadual eleito Vinícius Cirqueira afirma que o PROS, partido ao qual são filiados, carece de maior diálogo interno entre seus dirigentes para que os conflitos internos sejam dirimidos sem fissuras.

“Infelizmente, algumas falas desconexas fizeram com que externássemos algumas fissuras que deveriam ser só internas”, afirma o vereador, em referência às declarações do deputado estadual e vice-governador eleito Lincoln Tejota, presidente estadual do PROS, de que não reconhecia a chapa e a vitória de Policarpo, eleito com o apoio do Grupo dos 24.

“Vejo que está faltando diálogo interno para que esses tipos de comentários não sejam feitos, para o bem do partido, porque poderiam ser dirimidos internamente”, diz Cerqueira. Procurado por Policarpo e Cerqueira para tratar da chapa para a mesa diretora, Lincoln disse que “não interferiria no processo eleitoral para a mesa diretora por determinação do governador (eleito) Ronaldo Caiado”.

“Todos nós, vereadores do partido em Goiânia, fomos notificados para dar apoio ao Policarpo, que é do nosso partido. E é muito ruim um candidato do partido não assumir uma posição de apoio para um colega, isso me causa muita estranheza”, disse ainda Cerqueira, acerca do apoio de Tiãozinho Porto, que também é do PROS, à candidatura adversária, liderada por Andrey Azeredo (MDB).