Aliados não tiveram vez: primeiros nomes da equipe são da cota pessoal de Caiado

Além de pertencerem a outros Estados e/ou não terem ligação alguma com Goiás, os primeiros nomes da equipe do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) chamam a atenção para outro aspecto da escolha: os auxiliares são todos da cota pessoal do demista. Os aliados do governador eleito não tiveram vez na escolha.

Com o anúncio desta terça-feira, a cota pessoal de Caiado também abocanha todas as grandes e principais pastas, aquelas com maior orçamento para investimento e custeio, folha de pessoal (portanto espaços para nomeações) e interlocução direta com o gabinete do governador.

É o primeiro time, aquele terá o primeiro e livre acesso ao Palácio das Esmeraldas – Saúde; Fazenda; Segurança Pública e Defesa Social; Saneago; Desenvolvimento Econômico e Inovação; Indústria e Comércio; Detran; e Desenvolvimento Social.

Há outras pastas importantes, como a Educação, o Governo e a Agetop, mas à exceção desta última, tudo indica que as outras duas também terão nomes ligados diretamente ao governador eleito. Os aliados, e portanto os partidos que apoiaram o governador, ficaram de fora.

Talvez isso explique a cara feia de Tejotinha ao longo de todo o anúncio do secretariado desta terça-feira.