Nova secretária da Fazenda é linha dura e vai fazer servidores e empresários terem saudade de Ana Carla

Anunciada como futura secretária da Fazenda do governo Caiado, Cristiane Schmidt é alinhada à corrente de pensamento fiscalista, preocupada apenas com o equilíbrio das contas, sem concessões políticas e sociais. Quem a conhece, profetiza que empresários e servidores públicos, para ficar apenas em dois importantes segmentos, vão ter saudade da ex-Sefaz Ana Carla Abrão, que deixou Goiás como persona non grata dos dessas turmas.

Schmidt chega ao Estado avalizada por Paulo Guedes, o futuro e todo-poderoso ministro da Fazenda de Bolsonaro. Recebeu de Caiado carta branca para adotar um duro receituário de medidas para cortar despesas e aumentar a arrecadação.

O chicote vai cantar nas costas do funcionalismo e empresariado.