Tensão no QG de Caiado: imposta por Gracinha, indicação de Vassil Oliveira para Secretaria de Comunicação revolta a base aliada do novo governador

Mais uma confusão acaba de se instalar na formatação da equipe do governador eleito Ronaldo Caiado. A indicação do jornalista Vassil Oliveira para a Secretaria de Comunicação – responsável por gerir as verbas publicitárias e as emissoras oficiais do Estado -, foi imposta na base do grito pela futura primeira-dama, Gracinha Caiado.

De acordo com um prefeito aliado de Caiado, a escolha desagradou praticamente toda a cúpula da base aliada. Segundo ele, o próprio governador eleito teria ficado numa tremenda saia justa, uma vez que, no início desta semana, teria sondado o ex-diretor de Jornalismo do Grupo Jaime Câmara Luiz Fernando Rocha Lima para ocupar o cargo.

Nos bastidores, aliados têm reclamado constantemente da postura de Gracinha, que disputa muito mais espaço do que a simples figura decorativa de primeira-dama. A esposa de Caiado é conhecida pelo gênio forte e pela vontade de manter tudo sob seu controle. “Ela consegue ser mais autoritária do que a Dona Iris”, afirma o prefeito.